Festa do nosso fundador, S. Bento Menni

Escrito el Abr 23, 2019

Por ocasião da celebração da festa do nosso fundador, S. Bento Menni, desejo enviar as minhas cordiais saudações a todas e a todos os que compõem a Comunidade Hospitaleira.

 

Queremos continuar a tornar presente o espírito fundacional, no acolhimento e no cuidar das pessoas doentes e em situações de maior vulnerabilidade… Fazemo-lo com a audácia que nos impele a dar resposta aos sinais dos tempos e a encarnar a Hospitalidade hoje como ontem e sempre.

(Documento do XXI Capítulo Geral)

 

 

 

A toda a Comunidade Hospitaleira

Por ocasião da celebração da festa do nosso fundador, S. Bento Menni, desejo enviar as minhas cordiais saudações a todas e a todos os que compõem a Comunidade Hospitaleira: doentes, funcionários, voluntários, seus familiares, benfeitores, amigos e Irmãs. Faço votos para que seja um dia feliz!

São muitas as iniciativas que, nestes dias, se realizam nos nossos centros, estruturas assistenciais e comunidades tendo por fim ajudar-nos a olhar para as origens da nossa instituição e para aqueles que deram início a este projeto hospitaleiro de serviço à pessoa que sofre, segundo o estilo de Jesus, o Bom Samaritano, que passou fazendo o bem e curando os doentes (cf. At 10,38).

O papel de S. Bento Menni foi fundamental nesses primórdios, não só pela vivência da sua vocação como Irmão de S. João de Deus, centrada numa grande paixão por Jesus e na compaixão para com a humanidade sofredora, mas porque, com criatividade e audácia, ele foi pioneiro na assistência hospitalar, especialmente no campo da saúde mental; as dificuldades que encontrou não o impediram de amar “sem limites” aqueles que, por causa da sua doença, eram mantidos à margem da sociedade.

O Documento do XXI Capítulo Geral, Praticai a Hospitalidade, dirige a todos nós que formamos a Comunidade Hospitaleira o convite a assumirmos e darmos continuidade a esse espírito fundacional, encarnando no mundo de hoje a hospitalidade vivida por S. Bento Menni, um mundo marcado por tantas formas de sofrimento e de marginalização, e pede-nos que sejamos fiéis ao legado que ele nos deixou, com compaixão criativa, capacidade organizacional, audácia inovadora e visão de futuro.

Viver esse espírito de acolhimento, de serviço e cuidado às pessoas que sofrem significa colaborar para que o mundo em que vivemos seja mais hospitaleiro. Que São Bento Menni interceda por nós e nos ajude a renovar o nosso compromisso de servir a pessoa, colocando-a no centro das nossas opções e ações.

Com as Irmãs do Governo Geral, desejo a todos um dia feliz e que sejamos felizes “praticando a Hospitalidade”.

Anabela Carneiro, Superiora Geral