banner

A cidade de Milão, situada no norte da Itália, é um dos importantes centros comerciais e financeiros do mundo. É a principal cidade da Itália setentrional e capital da província de Milão e da região da Lombardia. Esta cidade está vinculada à hospitalidade porque nela, em 11 de Março de 1841, nasceu o quinto filho de Luigi Menni e Luigia Figini, a quem puseram o nome de Ângelo Hércules e que hoje é São Bento Menni.

Entre os lugares importantes da história hospitaleira encontram-se:

A Igreja de Santa Maria alla Fontana, a poucos passos da casa dos Menni, onde dirigiam um negócio de madeiras. Nesta mesma Igreja paroquial recebeu Ângelo o sacramento do batismo no próprio dia do nascimento e mais adiante o da confirmação. Numa zona lateral, há uma capela dedicada a São Bento Menni, com um quadro do Santo do pintor Alberto Venditti.

Por baixo da Igreja, encontra-se um santuário do século XVI em cujo centro estava a fonte milagrosa hoje substituída por uma pedra medieval com onze bicas, numa posição que se considera a originária.

A Estação Central de Milão, onde o jovem Ângelo Hércules Menni assistia como voluntário para recolher os muitos soldados feridos que chegavam provenientes da frente de Magenta, a 20 km de Milão, na guerra da independência entre Itália e Áustria (1859), transportando os feridos para o hospital Santa Maria Aracoeli dos Irmãos de São João de Deus (fatebenfratelli). Ali, em contacto com a dor e vendo o exemplo dos Irmãos, decide seguir Jesus na Ordem Hospitaleira.

A Catedral de Milão (duomo, “Casa de Deus”), um esplêndido monumento de estilo gótico, com fachada neogótica. Uma das 2245 estátuas que adornam o perímetro exterior é a do nosso Fundador.

A Cartuxa de Pavia (Certosa di Pavia), um mosteiro de estilo gótico situado perto da pequena cidade de Pavia, a 40 km de Milão. Ângelo Hércules fez aqui os seus primeiros exercícios espirituais aos dezassete anos e prometeu: “Confiança no Senhor e na sua Santíssima Mãe e generosidade com Deus (…) sem considerações pelo meu amor-próprio nem atemorizar-me pelo que poderão dizer os homens”.

No ano de 1955, na antiga Villa Bassi-Roncaldier de Albese, cidade a uns 40 km de Milão, a província italiana abriu um centro para o atendimento de pessoas doentes mentais denominado Villa San Benedetto. É hoje um complexo hospitalar com mais de 200 camas e serviços diurnos e extra-hospitalares, denominado Casa di Cura San Benedetto Menni.